Buscar
  • INCT Nanocarbono

Novas máscaras faciais de grafeno

Eficiência antibacteriana próxima a 100% sob luz solar de 10 minutos e resultados promissores na desativação do novo coronavírus.

As máscaras se tornaram uma ferramenta importante na luta contra a pandemia COVID-19. No entanto, o uso impróprio ou descarte de máscaras pode levar à "transmissão secundária". Uma equipe de pesquisa da City University of Hong Kong (CityU) produziu com sucesso máscaras de grafeno com uma eficiência antibacteriana de 80%, que pode ser aumentada para quase 100% com exposição à luz solar por cerca de 10 minutos. Os testes iniciais também mostraram resultados muito promissores na desativação de coronavírus. As máscaras de grafeno são facilmente produzidas a baixo custo e podem ajudar a resolver os problemas de abastecimento de matérias-primas e descarte de máscaras não biodegradáveis. A equipe está atualmente trabalhando com laboratórios na China continental para testar o material de grafeno com duas espécies de coronavírus humanos. Os testes iniciais mostraram que ele inativou mais de 90% do vírus em cinco minutos e quase 100% em 10 minutos sob a luz solar. A equipe planeja realizar testes com o vírus COVID-19 em breve.

Veja a matéria completa:

https://scitechdaily.com/new-graphene-face-masks-offer-very-high-anti-bacterial-efficiency-deactivation-of-coronaviruses/

Reference: “Self-Reporting and Photothermally Enhanced Rapid Bacterial Killing on a Laser-Induced Graphene Mask” by Libei Huang, Siyu Xu, Zhaoyu Wang, Ke Xue, Jianjun Su, Yun Song, Sijie Chen, Chunlei Zhu, Ben Zhong Tang and Ruquan Ye, 11 August 2020, ACS Nano.

DOI: 10.1021/acsnano.0c05330





9 visualizações

APOIO FINANCEIRO

+55 (31) 3409-5633

Departamento de Física

Instituto de Ciências Exatas

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Av. Antônio Carlos, 6627 CEP 31270-901 Belo Horizonte Minas Gerais – Brasil

©2019 por InctNanocarbono